Por Dentro da Lei

Por Dentro da Lei

16 de outubro de 2009

Educação e criminalidade: a solução está no afeto?



No último dia 15, comemorou-se o dia do professor, o que levantou o questionamento do tema da educação.

Dentre várias perguntas possíveis, destaca-se uma: haveria algum tipo de relacionamento entre educação e criminalidade?

Educação é a solução para a criminalidade, diriam alguns.

A ideia é bem comum, porém, que tipo de educação seria essa?

Como seria possível a educação resolver a criminalidade, principalmente num país como o nosso, no qual o próprio sistema educacional se encontra enfrentando grave crise? Leia mais.

Um comentário:

Melina disse...

Educação no sentido de valores-base da sociedade, em primeiro lugar, acredito eu. Haveríamos de começar a vencer o "umbigocentrismo", a vontade de querer tirar vantagem em tudo, o conformismo pacífico que dominam o Brasil.
A partir daí, poderíamos dar os primeiros passos e quem sabe um dia atingir a fase em que não é necessário que haja catracas nos transportes públicos ou que os jornais sejam somente vendidos nas bancas, pois, independentemente do medo da fiscalização, o povo aprendeu a reivindicar seus direitos e a honrar seus deveres.
É a realidade de países "não tão longe" daqui. Não me parece, pois, tarefa impossível.